Soluções

Desenho de Fundaҫões

banner-pag-3

Desenho de Fundações

GEO5 oferece diferentes programas para verificar fundações profundas e superficiais. Os programas controlam a capacidade de carga, o assentamento e projetam reforços para determinadas seções transversais de concreto. Permitem a verificação segundo teorias clássicas (estados limite, fator de segurança) e EN 1997.

O programa Sapata projeta e verifica fundações de forma retangular ou circular em um subsolo de diferentes camadas. O programa realiza verificações verticais e horizontais da capacidade de carga da fundação e determina o seu assentamento e a rotação.

Os programas Viga e Placas analisam fundações utilizando o Método dos Elementos Finitos. A análise proporciona a distribuição das forças internas e deformação da sua estrutura. Modelação da estrutura também é possível em estacas utilizando suportes elásticos.

O programa Estaca determina a capacidade de carga vertical e horizontal de uma estaca junto com o seu respectivo deslocamento. A análise da capacidade de carga vertical de uma estaca com base em testes de penetração é efetuada no programa Estaca CPT. A análise de um Grupo de Estacas (placa de fundação rígida, base) pode ser realizada com o método da mola (spring method) MEF ou com métodos analíticos.

Sapata Estacas Grupo de Estacas
Desenho de verificação da sapata Verificação de estacas individuais Análise do grupo de estacas (placa de fundação)
Estacas CPT Microestaca Placas
Verificação de estacas baseadas em CPT Verificação de uma microestaca com tubo Bases e placas de fundação analisadas pelo Método de Elementos Finitos
Viga
Análise de vigas flutuantes
Soluções

Análise Geotécnica por Elementos Finitos

banner-pag-5

Análise Geotécnica por Elementos Finitos

O programa MEF fornece a solução de problemas geotécnicos gerais utilizando o Método dos Elementos Finitos. A capacidades de modelagem inclui a análise de estruturas subterrâneas, túneis, além de estabilidade e análise de fluxo de água. Adotando o Método dos Elementos Finitos, não só se fornece ao usuário um amplo conhecimento das estruturas analisadas, como também permite a verificação dos resultados dos métodos clássicos.

Aplicação do Método de Elementos Finitos na análise estrutural é substancialmente mais exigente em relação aos métodos de modelagem baseados em métodos analíticos. No entanto, os módulos contêm características (verificador de topologia, gerador de rede de elementos finitos) que simplificam consideravelmente a preparação do modelo computacional.

A análise proporciona informações sobre as deformações da estrutura, as distribuição de tensões e a localização das zonas plásticas no interior do corpo do solo, forças internas desenvolvidas em vigas, âncoras e geo-reforços. A execução de análises amplia consideravelmente os conhecimentos adquiridos na aplicação de métodos clássicos.

O módulo MEF – túnel serve para analisar estruturas subterrâneas, incluindo túneis construídos utilizando o novo método de Tunelamento Austríaco (New Austrian Tunneling Method). Uma característica importante é o gerador de revestimento, que pode ser colocado em qualquer lugar no corpo do solo. A criação do modelo computacional incluindo a malha de elementos finitos é totalmente automática. Este módulo também conta com várias ações não mecânicas como carga térmica, retração tecnológica,inchaço dos solos e também a definição de regiões ancoradas.

O módulo MEF – Fluxo de Água determina, dependendo das condições de fluxo de água, do lençol freático do solo, a distribuição de pressões de água dos poros, a velocidades e a entrada / saída geral do fluxo. O resultado do fluxo de água (infiltração) pode ser introduzido automaticamente na análise estrutural incluindo simulações de estabilidade.

MEF MEF Túnel MEF – Fluxo de Água
Modelagem de vários problemas geotécnicos utilizado o Método de Elementos Finitos (MEF) Análise de túneis pelo Método de Elementos Finitos (MEF) Análise do fluxo de água pelo Método de Elementos Finitos (MEF)
MEF – Consolidação
Análise de deformação do solo
Soluções

Modelo Digital do Terreno (DTM)

dtm_small

Modelo Digital do Terreno

O Software Geo5 oferece soluções para a criação de um modelo digital do terreno e das camadas do subsolo por pontos, retas e perfurações inseridas. Este modelo pode ser usado para criar perfis geológicos em 1D ou 2D. O programa permite realizar a importação de dados, dessa forma, é possível introduzir uma quantidade arbitrária de dados geotécnicos medidos, tornando a análise completa. Isto é vantajoso no caso de ocorrência de uma amplo deslizamento, minas e aterros, de modo que a atualização de medição contínua é permitida.

O programa também determina os volumes, isto é, o volume total de escavações e muros de contenção em etapas individuais de construção.

Terreno
Modelo de terreno digital (MDT)
Soluções

Análise de Deformabilidade de Solos

dsc00041

Análise de Deformabilidade de Solos

A determinação do assentamento de uma estrutura é uma das tarefas básicas na geotecnia. A análise de assentamento está incluída em alguns programas GEO5 (Sapata, Estacas, Placas, Viga). No entanto, esta questão também é abordada em vários programas especializados.

O programa Assentamento determina o assentamento do terreno causado por uma sobrecarga externa e a mudança no lençol freático GWT. O usuário insere aterros e a sobrecarga durante várias etapas da construção e monitora a evolução das deformações no interior do corpo do solo. É possível realizar uma análise de consolidação do corpo do solo, isto é, cálculo de assentamento em diferentes intervalos de tempo durante a vida útil de uma estrutura. O usuário pode escolher a partir de várias abordagens teóricas a análise de assentamento, incluindo a possibilidade de determinar um assentamento secundário.

O programa Perda de Solo determina a forma do assentamento acima de túneis escavados permitindo ao usuário estimar os danos das estruturas superficiais.

Assentamento Perda de solo
Análise de assentamentos dos solos Avaliação de risco de dano devido a construção de túneis
Soluções

Muro de Arrimo

5

Muro de Arrimo

O GEO5 oferece diferentes programas de análise de estruturas e muros de arrimo contenção. Cada programa é uma ferramenta eficaz para a verificação complexa de um determinado tipo de estrutura, incluindo a verificação dos componentes de uma estrutura e a secção transversal de concreto armado. Usando módulos específicos para cada tipo de estrutura, os dados inseridos são mantidos o mais limpos e simples possíveis, economizando tempo para o autor.

Os programas individuais permitem a verificação de uma determinada estrutura, tendo em conta a influência da água, terremotos e uma forma do terreno arbitrária à frente ou atrás da estrutura. Vários estágios de construção podem ser modelados como uma situação de emergência, tais como terremoto ou enchente. Com o uso de forças adicionais, é possível representar forças arbitrárias de uma estrutura como berreiras de proteção, âncoras, cargas especiais, etc.

Todos os programas permitem a verificação complexa da estrutura analisada adotando um método clássico (estados limite, fator de segurança) , EN 1997 (todas as abordagens de desenho) ou LRFD respectivamente. Os programas também permitem a verificação da capacidade de carga e do assentamento da fundação no programa Sapata ou a verificação da estabilidade global de uma estrutura utilizando o programa Estabilidade de Taludes .

A análise de estruturas verticais, apoiadas ou ancoradas, pode ser realizada utilizando o programa Projeto de Contenções ou Verificação de Contenções (mais detalhes estão disponíveis na seção de Desenho de fundaҫões).

O GEO5 oferece diferentes programas de análise de estruturas e muros de arrimo contenҫão. Cada programa é uma ferramenta eficaz para a verificação complexa de um determinado tipo de estrutura, incluindo a verificação dos componentes de uma estrutura e a secção transversal de concreto armado. Usando módulos específicos para cada tipo de estrutura, os dados inseridos são mantidos o mais limpos e simples possíveis, economizando tempo para o autor.

Os programas individuais permitem a verificação de uma determinada estrutura, tendo em conta a influência da água, terremotos e uma forma do terreno arbitrária à frente ou atrás da estrutura. Vários estágios de construção podem ser modelados como uma situação de emergência, tais como terremoto ou enchente. Com o uso de forças adicionais, é possível representar forças arbitrárias de uma estrutura como berreiras de proteção, âncoras, cargas especiais, etc.

Todos os programas permitem a verificação complexa da estrutura analisada adotando um método clássico (estados limite, fator de segurança) , EN 1997 (todas as abordagens de desenho) ou LRFD respectivamente. Os programas também permitem a verificação da capacidade de carga e do assentamento da fundação no programa Sapata ou a verificação da estabilidade global de uma estrutura utilizando o programa Estabilidade de Taludes.

A análise de estruturas verticais, apoiadas ou ancoradas, pode ser realizada utilizando o programa Projeto de Contenções ou Verificação de Contenções (mais detalhes estão disponíveis na seção de Desenho de fundaҫões).

Muro de Arrimo Taludes Grampeados Muro de Gravidade
Verificação e dimensionamento demuros de arrimo de concreto Verificação de estruturas demuro grampeado Análise de muros de gravidade
Gabião Alvenaria Muro Pré-Fabricado
Verificação de muros de gabião Verificação e dimensionamento demuros de alvenaria Análise de muros em bloco
Empuxo de Terra Encontro de Pontes
Cálculo do empuxo de terra Verificação do encontro de pontes

Páginas:12